logo-zoosp

Fundação Parque Zoológico de São Paulo

  (11) 5073-0811   

  Avenida Miguel Estéfano, 4241 - Água Funda, São Paulo - SP, Brasil

Compartilhe:

PUBLICIDADE

O Zoo de São Paulo foi criado em junho de 1957, a partir de uma instrução do Governador Jânio Quadros ao Diretor do Departamento de Caça e Pesca da Secretaria da Agricultura, Emílio Varoli.

Os primeiros animais exóticos como leões, camelos, ursos e elefantes foram adquiridos de um pequeno circo particular. Já os animais brasileiros como onças e galos da serra, foram adquiridos em Manaus.

A inauguração do Zoo, prevista para Janeiro de 1958, teve que ser adiada devido às fortes chuvas daquele ano, mas no dia 16 de março inaugurava-se oficialmente o Zoológico de São Paulo.

Apesar do clima chuvoso, muitas pessoas participaram da inauguração do Parque e puderam ver pela primeira vez na cidade 482 animais, dentre eles: 9 veados, 2 onças pintadas e 1 preta, 3 jaguatiricas, 2 gatos do mato, 1 urso, 23 papagaios, além do famoso rinoceronte “Cacareco”, eleito vereador nas eleições de outubro de 1958.

Em 1958 a entrada no parque era gratuita. À partir da criação da Fundação Parque Zoológico de São Paulo, em 1959, os ingressos passaram a ser cobrados e a Fundação obteve personalidade jurídica e autonomia administrativa, financeira e científica.

Nesta data, foram definidos os objetivos da Fundação Parque Zoológico de São Paulo:

Manter uma população de animais vivos de todas as faunas, para educação e recreação do público, bem como para pesquisas biológicas;
Instalar em sua área de abrangência uma Estação Biológica, para investigações de fauna da região e pesquisas correlatas;
Proporcionar facilidades para o trabalho de pesquisadores nacionais e estrangeiros no domínio da Zoologia, no seu sentido mais amplo, por meio de acordos, contratos ou bolsas de estudo.
Consciente de sua responsabilidade no contexto conservacionista nacional, o Zoo de São Paulo tornou-se a primeira instituição brasileira a propor e participar efetivamente em múltiplos programas de recuperação de espécies brasileiras criticamente ameaçadas de desaparecer da natureza, tais como os micos-leão, os pequenos felídeos neotropicais e araras-de-lear.

Endereço

Avenida Miguel Estéfano, 4241 - Água Funda, São Paulo - SP, Brasil

Características

TAGS

Clique para avaliar!
[Total: 0 Média: 0]

Deixe um comentário

  Fechado (Hora Local: 20:54)

Horário de Atendimento

Domingo
09:00 - 16:00
Segunda
10:00 - 16:00
Terça
10:00 - 16:00
Quarta
10:00 - 16:00
Quinta
10:00 - 16:00
Sexta
10:00 - 16:00
Sábado
09:00 - 16:00

Contatos

(11) 5073-0811